sexta-feira, 8 de março de 2013

À serva obediente


Flor imaculada
a sua alma com uma espada foi cortada
sofreste as dores de mãe
vendo um filho morrer sem piedade

Ó rosa mais bela
viveste novamente com o canto da ressurreição
recuperaste um pedaço teu que não se achava até então
sentiste a plena felicidade

Ó mãe, jardim de Deus, bela aurora
dá-nos um canto igual ao teu
a alegria de outrora
faz-nos viver contigo
Ó mãe nossa, intercessora, Nossa Senhora

Camila Cadete De Gregorio