sábado, 11 de maio de 2013

Águas para o moinho

Águas para o moinho

Matéria do site do instituto Plinio Correa de Oliveira sobre o médico abortista dos Estados Unidos acusado de matar vários fetos que teriam sobrevivido ao procedimento do aborto introduzindo-lhes uma tesoura na medula espinhal. É um absurdo que a grande mídia não tenha divulgado o caso em suas devidas proporções. QUALQUER ATIVISTA DOS DIREITOS HUMANOS DEVERIA BRADAR CONTRA O ABORTO, mas pelo visto é mais bonito gritar no meio da rua porque estão matando animais fofinhos pra fazer casacos de pele.
O pior é que não é piada. Que os ativistas pró vida se manifestem cada vez mais e façam valer suas vozes!
In corda Iesu et semper Mariae